Comitê Inova discute propostas para difundir a Inovação

Reunião fez balanço do andamento de ações dos subcomitês e definiu metas para o fim do ano e início de 2015

Mais apoio à inovação e projetos fomentadores para empresas pernambucanas. Essas foram as diretrizes firmadas na 15ª reunião do Comitê de Líderes Empresariais Inova Pernambuco, realizada na última sexta-feira, 26 de setembro, em auditório do Hotel Golden Tulip, em Boa Viagem. Durante o encontro, o grupo reafirmou o compromisso do comitê com a disseminação da inovação na indústrial local e fez balanço do andamento das ações dos subcomitês, que estão focados em projetos de financiamento e de facilitação do acesso das micro e pequenas empresas a práticas inovadoras.


A reunião girou em torno de projetos atualmente em implementação pelo IEL/PE e consultorias especializadas, além de outros que devem começar até o fim deste ano ou no ano que vem. É o caso do fundo Inovar PE, que visa ampliar os recursos disponíveis para a inovação. A intenção do comitê é realizar um seminário até novembro deste ano articulando a iniciativa privada e o governo para detalhar a ação. "O objetivo é facilitar o acesso das empresas às linhas de fomento, para que tenhamos um maior leque de empreendimentos industriais inovando", esclarece Joás da Silva, diretor superintendente da Hebron.


Também foi discutida na ocasião a aproximação entre empresas e universidades, através de uma metodologia específica. "Queremos intensificar a cultura empreendedora na academia, estimulando projetos inovadores tanto na indústria quanto na universidade", explicou Luciano Bueno, da empresa Biologicus. Até abril de 2015, o IEL estará responsável por analisar e melhorar modelos de contratos, além editais de financiamento e de programas que incentivem a inovação, tal como o Inova Talentos, para estreitar relações com estudantes do Ensino Superior.


Inovação Colaborativa foi outro tema relevante que foi discutido na ocasião. Como resultado, o IEL ficou encarregado de, a partir de novembro, mapear e formar um banco de dados com empresas inovadoras no Estado e promover intercâmbio, aproximando-as de instituições que necessitam de apoio para inovar. O Instituto também ficou a cargo de monitorar a tramitação sobre alterações na Lei da Aprendizagem (nº 10.097/2000) e, ajudar a desenvolver, por meio de programas de estágio e trainee, capacitações próprias em inovação.


Além disso, os empresários também tiveram acesso à agenda de inovação da MEI, disponibilizada pela CNI. Nela estão contidas 10 principais pontos a seguir pelos grupos regionais, com orientação sobre os temas atualmente em discussão no cenário nacional e reflexões sobre como ajudar aprimorar a inovação na indústria. O material foi repassado em formato eletrônico aos membros, que se comprometeram em analisá-lo e fazer considerações à Confederação.

Data de Publicação: 29/09/2014

Av. Lins Petit, nº 100 - 18º e 19º andar - Boa Vista | CEP 50070-230 | Recife - PE | FONE: 81 3334.7000 | Fax: 81 3334-7042/7043